Entrevistando | Victor Pontes

terça-feira, agosto 05, 2014

Oi gente!
O assunto do post de hoje vai ser sobre fotografia!!
Quem nunca pegou um celular uma câmera para registrar um momento,uma data em especial,ou até mesmo para tirar foto no espelho haha Eu mesma sou apaixonada por fotografias,amo tirar foto para registrar minhas viagens,momentos com meus amigos,quem não gosta né?
Então,hoje o post é para você que AMA fotografar,que tem isso como um hobbie ou que tem o sonho de seguir essa carreira.



João Victor Pontes Amaral,15 anos,vive em uma cidadezinha na Bahia chamada Cândido Sales,nascido em Vitória da Conquista e que é amante da fotografia.Tem como trabalho mostrar o amor que existe através dessa bela arte.

Conheça mais sobre o Victor na entrevista abaixo.


Doceando Palavras (Carol): Quem é o Victor Pontes?

Victor: Quem sou eu? (risos).Eu sou João Victor Pontes Amaral,que por algumas coisas do destino gosta mais de ser chamado de Victor.A carga que o nome Victor carrega, tem muito haver com vitória,e eu gosto sempre de pensar que daqui pra frente eu vou sempre estar vencendo na vida de alguma forma.Sou sonhador acima de qualquer coisa,uma pessoa que não se preocupa com rótulos,que gosta de se vestir bem,que adora corujas,que adora soculentas,e que acha que a vida é feita para se viver a cada momento.Acima de qualquer coisa que ama fotografar o amor,e que acha que isso é o essêncial para a vida.Um apaixonado por romances.
Uma coisa que eu sempre levo na minha vida,que eu aprendi com o Rafael Santana,é que a gente deve sempre ser grato a Deus por tudo.

Doceando Palavras (Carol): Quando você começou a fotografar?E de onde surgiu a ideia?

Victor: Eu comecei a fotografar porque eu sempre gostei de câmeras analógicas e tudo,e eu comecei uma amizade com uma menina chamada Vanessa Flores,que trabalha na Fan House Fotografia em Vitória da Conquista.E ela me incentivou a fotografar.Nessa época minha mãe havia comprado uma câmera digital,normal,simples,e eu comecei a fotografar,e cada vez eu gostava mais disso e é assimaté hoje.


Doceando Palavras (Carol): Você trabalha com um tema especifico ou gosta de fotografar de tudo?

Victor: Como eu sempre digo eu gosto de fotografar o amor,o amor da forma que ele acontece.Eu não gosto de fotografar seções boudoir,seções em que as mulheres gostam de se sentir melhores.Mas gosto muito de fotografar familias,gestantes,bebês.Essa parte que envolve todo o amor,até porque quando se vai fotografar um bebê,não se fotografa apenas o bebê,mas também os pais,e geralmente no contato da criança e dos pais tem muito amor envolvido.Eu sinto,olho,angulo e retrato.Tento fazer único aquele momento,seja para um casal,uma gestante,um bebê,uma família...Cada momento é único.
É isso que eu gosto de fazer.

Doceando Palavras (Carol): Você ainda é tão novo.É essa profissão que você quer para o seu futuro?

Victor: Sim e não (risos).Eu tenho um sonho muito grande de ser chefe de cozinha.Gastronomia para mim é o que eu quero cursar.Mas eu não vou deixar a fotografia de lado,eu vou estar sempre fotografando,sempre me dedicando ao amor.A fotografia é a escrita da luz,e eu gosto de escrever,tanto no papel quanto com a luz,então eu não quero abandonar a fotografia,a gastronomia vai ser um complemento na minha vida,assim como a fotografia também é.E se Deus permitir vou conseguir alinhar os dois na minha vida.





Doceando Palavras (Carol): O que a fotografia significa para você?O que ela transmite?

Victor: O amor.A maior carga que tem na minha fotografia é a carga sentimental.O sentimento de alegria,um sentimento de compaixão,de amor,tudo que envolva amor,na minha fotografia tem.E é justamente disso que ela vem carregada.É nisso que acredito,e é isso que me motiva a fotografar.No entanto que se você for parar para perceber,umas das fotos mais bonitas são as das famílias,de uma criança,de um bebê,de um casal,onde o amor realmente está.

Doceando Palavras (Carol): Você tem algum fotografo,alguém nessa área que te inspire?

Victor: Eu estou lendo um livro chamado 'Roube como um Artista' e ele te ensina a não se inspirar em apenas uma pessoa,e eu acredito nisso.Eu não me inspiro em uma pessoa só,e sim em várias.Através dessas pessoas,eu crio o meu estilo.
Umas dessas minhas inspirações é a Carolina Azevedo.Ela é simplesmente muito incrível,pois,além de fotografa ela é exemplar,é muito amorosa,tem um ótimo relacionamento com as pessoas,e isso me faz gostar cada vez mais dela,como também de suas fotos.
Rafael Fontana,ele é um dos donos do 18 Elementos.Eles do 18 Elementos trabalham de uma forma diferente,eles veem o mundo de uma forma diferente do que realmente é.É incrível.
Tem também o Nelson Neto,Michele Marques...






Doceando Palavras (Carol): Deixe uma mensagem para as pessoas que assim como você,também tem paixão pela fotografia e que amam essa arte.

Victor: Se inspirem.Sintam mais,amem mais,para mostrar as pessoas que é isso que importa na fotografia,o sentimento que é envolvido dentro dela,independente de qualquer coisa.
Busquem aperfeiçoar as técnicas também,na internet se tem muitas dicas de fotografia.Quem tem câmera profissional,indico usar sempre lentes fixas com abertura de no minimo 1.8,e um ótimo programa para as edições é o Lightroon.E cada vez mais e mais procurar fazer aquilo que ama.




Então gente espero que tenham gostado da entrevista.
Foi realmente muito difícil escolher quais fotos eu iria colocar aqui no post haha então peguei alguns de meus trabalhos favoritos do Victor,mas vocês podem encontrar a apreciar as outras fotos em suas redes sociais:

Facebook: Victor Pontes
Instagram: victorpontesa


Beijos&Beijos!!








  • Share:

You Might Also Like

0 comentários