Resenha | Harry Potter e a Criança Amaldiçoada

quinta-feira, novembro 17, 2016

Hoje é a estreia de ' Animais Fantásticos e Onde Habitam ' nos cinemas. E aproveitando esse clima de magia, vamos falar sobre minha leitura de ' Harry Potter e a Criança Amaldiçoada '.


Vou começar pela forma da escrita do livro, que é toda em formato de roteiro. Sim, roteiro teatral.
Confesso que demorei a me acostumar com a leitura nesse estilo, mas acabou sendo uma ótima experiência.

Por esse motivo, as cenas não são tão detalhadas como em um livro "comum" , mas isso não faz com que a leitura perca sua magia em momento algum.

Assim como no fim do último filme de Harry Potter, o livro se inicia com a cena de Harry e Gina se despedindo do filho Alvo na estação de trem, que está indo para o seu primeiro dia de aula na escola de Hogwarts.

Em uma das cabines do expresso de Hogwarts, Alvo conhece Escórpio Malfoy ( nem preciso dizer de quem ele é filho né HAHA ), com quem acaba conversando e se tornando amigo.
Alvo e Escórpio acabam virando melhores amigos, mesmo isso sendo contra a vontade de seus pais.

Durante a leitura, eu acabei sentindo bastante pena do Harry, e confesso que acabei tendo um pouco de raiva do Alvo, pois, ele não dava valor algum ao pai que tinha, e nem se quer uma chance do Harry se aproximar. Porém, conforme a leitura foi avançando, notei apenas que Alvo, carregava dois nomes muito fortes sobre ele, e com certeza ser conhecido como filho de Harry Potter deve realmente ser uma pressão enorme, já que todos vão esperar que ele seja como o pai, e isso é o que ele menos quer. Ele apenas quer ser o Alvo Severo Potter.

Agora, pulando essa parte 'familiar' o livro é voltado para o " vira-tempo " e o cuidado que se deve ter com esse objeto mágico.
O Ministério da Magia está buscando e acabando com todos os vira - tempos que ainda existem, e Harry Potter é diretor de Execução das Leis da Magia, e nessa busca ele acaba encontrando um vira - tempo, que irá mudar todo o mundo da magia, LITERALMENTE.
Alvo e Escórpio acabam mudando toda a história. E isso tudo começou com os dois querendo voltar no tempo e salvar Cedrico no Torneio Tribruxo, e para isso, eles roubam e utilizam o vira - tempo que o Harry encontrou e que Hermione havia escondido.
Eles acabam estragando tudo na primeira prova do Torneio, e na segunda também, e no meio dessa bagunça toda, temos ele, aquele que não deve ser nomeado, Voldemort.

No livro também somos apresentadas a Delfine, uma personagem que com certeza é o ponto alto de toda essa história. Aquele tipo de personagem que chega de fininho, mas que tem todo um mistério a esconder.

" A verdade é uma coisa bela e terrível, e portanto deve ser tratada com grande cautela" _Harry ( pág. 51)

" Não acredito, mas confio em sua sorte. Harry Potter sempre se encontra onde está a ação. E preciso de meu filho de volta, a salvo." _DRACO ( pág. 103)

" Eu consegui vê-los...sabe... um pouquinho... sua mãe e seu pai. Eles eram... vocês se divertiam juntos. Seu pai adorava fazer um anel de fumaça para você e você... bom, não conseguia parar de rir." _ALVO (pág. 325)

Vou parando por aqui, pois, não queremos muito spoiler né?!
Sobre a parte dos personagens, o foco mesmo é todo em Alvo e Escórpio em primeiro plano, seguido por Harry, Gina, Hermione, Rony e Draco. A Rosa, filha de Hermione e Rony, também aparece em alguns momentos da leitura, já Tiago, filho de Harry e Gina, aparece em pequenas e rápidas cenas.







  • Share:

You Might Also Like

0 comentários