MINHA PRIMEIRA CORRIDA

terça-feira, agosto 22, 2017


A 2 meses atrás eu comecei a fazer algo que simplesmente cansava só em ver: CORRER!

As pessoas falavam que iam participar de corrida e eu já ficava com preguiça só de ouvir, juro! 
Até que meu irmão começou a correr a alguns anos atrás e eu fui assisti - lo em uma competição do X - Terra em Búzios. Foi bem legal, porém, ainda não me via naquela situação, mas confesso que fiquei bem curiosa.

Em Junho desse ano eu tive a chance de participar da minha primeira corrida e adivinhem? AMEI! Foram 5K cansando, suando e me divertindo. E ainda cheguei em terceiro lugar da minha categoria. O que foi bom, já que havia sido minha primeira corrida não é mesmo?!


Sério gente, não é sobre chegar em primeiro lugar e vencer (o que também é bom, mas espera), e sim sobre o que você sente, sobre você conseguir conquistar algo para si.
É uma adrenalina que passa a correr nas suas veias, aquela vontade de querer acompanhar todo mundo. Sem contar que você se sente bem, todo aquele estresse de trabalho, faculdade, problemas do dia - a - dia, simplesmente vão embora, e você só pensa e sente a adrenalina da situação.

Ainda no mês de Junho participei de outra corrida, foram 8km. Para quem ainda está começando, confesso que correr 8Km foi bem puxado. Imagina uma pessoa sem fôlego algum quando finalmente viu a linha de chegada. Era eu.
Mas mesmo assim, vi que já estava apaixonada pela coisa toda, e passei a treinar para as próximas corridas que vierem.
Além de treinar na academia, também venho corrido bastante no Country Club aqui da cidade, já que tem um espaço ótimo para isso, além de uma paisagem incrível!


Além de ser divertido, e estimulante a corrida também faz muito bem a saúde, por esse motivo trouxe aqui alguns benefícios da corrida para vocês.

  • É um ótimo exercício para o coração
Todas as vezes que corremos há um aumento de frequência cardíaca, que no caso fortalece o músculo do coração e prolonga a sua capacidade de bombeamento de sangue. Além disso durante a corrida as artérias se expandem e contraem vigorasamente ajudando a manter a faixa arterial normal.

  • Quem corre tende a se sentir mais feliz
Os corredores regulares sabem que o exercício melhora o humor, não importa o quão ruim ele estivesse no momento da largada. Isto se deve à liberação dos hormônios conhecidos como endorfina e endocanabinoide, responsáveis pela sensação de bem estar no organismo.
Estudos têm mostrado que a corrida ainda protege contra ansiedade e depressão e pode ajudar as pessoas a lidarem com a ansiedade e o estresse, as principais causas da infelicidade nos dias atuais.


  • O cérebro do corredor trabalha melhor
Cientistas descobriram que o mesmo processo físico-químico que alimenta e controla a eficiência do uso de energia no nosso organismo também age na formação da memória e nos processos de aprendizagem. Uma única proteína controla a liberação de energia para os músculos e também para o cérebro. Eles descobriram que corredores têm uma maior liberação desta proteína.
Curiosamente, há uma abundância de exemplos de grandes pensadores que também eram corredores impressionantes. O decifrador de enigmas Alan Turing corria maratonas de quase três horas. O político britânico e jornalista Matthew Parris corria mais de duas horas com frequência e o cientista ganhador do Prêmio Nobel Wolfgang Ketterle chegou a cronometrar quase três horas de corrida.


  • Correr fortalece as articulações dos joelhos e ossos 
Um dos estudos que mostra os benefícios da corrida para a boa forma foi publicado pela revista Medicine & Science in Sports & Exercise. Nele, 100.000 corredores e pessoas que faziam caminhadas leves foram analisados, e constatou-se entre as pessoas que corriam cerca de 40 quilômetros regularmente o risco de desenvolver osteoartrose do joelho caiu pela metade.

Eles ressaltam que todas as vezes que o corredor pisa vigorosamente há um fortalecimento maior dos ossos, cartilagem e músculos que sustentam o joelho. Pessoas que realizam exercícios de baixo impacto como caminhadas e natação não têm o mesmo nível de benefício.

lém disso, pesquisas já comprovaram que corridas são benéficas para os joelhos porque o movimento acentuado dos ossos aumenta a produção de massa óssea, e pode ajudar a impedir a perda óssea relacionada com a idade.

  • Correr emagrece
Correr regularmente queima calorias tanto durante o período que se pratica o exercício quanto depois, trata-se do “afterburn”, um processo de queima de calorias após o exercício por causa do excesso de consumo de oxigênio pelo organismo. O melhor é que este efeito ocorre mesmo em corridas mais lentas, apenas em um ritmo um pouco mais rápido do que a caminhada normal.


Correr requer uma grande quantidade de combustível (calorias). Uma pessoa pesando 68 quilos queima, em média, 12 calorias por minuto se correr um quilômetro e meio em 10 minutos. Se a corrida for feita em terreno íngreme, que exige mais esforço, a queima pode ser ainda maior.

  • Correr diminui o risco de câncer

Correr não cura o câncer, mas há uma abundância de provas de que os benefícios da corrida podem ajudar a evitá-lo.
Em um documento amplo sobre as relações entre exercícios físicos e casos de câncer, cientistas finlandeses estudaram a saúde de um grupo de 2.560 homens de meia idade ao longo de 17 anos e então revelaram as suas conclusões. Eles descobriram que os homens que eram fisicamente ativos eram menos propensos a desenvolver câncer. Até este ponto não há surpresa. O que foi mais interessante, no entanto, foi a descoberta de que aqueles que praticavam corrida, ou faziam exercício de intensidade similar, por 30 minutos diariamente estavam mais protegidos contra a doença e exibiram “uma redução de 50% no risco de morrer prematuramente de câncer de qualquer natureza”, de acordo com Sudhir Kurl, médico diretor da Escola de Saúde Pública e Nutrição Clínica na Universidade de Kuopio.

Para saberem mais benefícios da corrida acesse Mundo da Boa Forma 

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários